terça-feira, 12 de agosto de 2008

O outro lado da medalha

Que festa linda! A abertura das olimpíadas em Pequim foi uma festa para ninguem botar defeito. Mais de 3 horas de brilho e beleza. Mas de 3 horas de hitórias, organização e disciplina. Pura perfeição. O mundo parou. mais de 4 bilhões de pessoas assistiram aquela abertura e continuam assistindo um dos maiores espetáculos da terra. Perto de 200 paises envolvidos. São recordes quebrados, aplausos, bandeiras tremulando, pódiuns, sorrisos, medalhas e muito mais. Na aberturas discursos hipócritas. Parece que é uma grande anestesia mundial. É um delirio total. Parece que tudo se esconde atrás de uma verdadeira maquiagem social e olímpica. Fecha-se uma cortina entre a vila olimpica e o resto da China. É como se ali se tornasse um paraiso de forma mágica. É como se todos os males fossem esquecidos e os mortos do regime comunista apenas deixados para trás. Que maquiagem fantástica! O crescimento da China, os milhões de produtos vendidos em todo o mundo e as olimpíadas parecem se tornar em nuvens de fumaças que encobrem a verdadeira realidade chinesa. Talvez nesta hora ninguem se lembre, diante de tanta beleza, que a China continua sendo um pais dos mais poluidos do mundo e que para baixar os índices de poluiçao teve que fechar temporariamente muitas fábricas de Pequim. Certamente nao prendeu nem matou nenhum opositor do regime. Na verdade são dias de céu no inferno. A China continua sendo um país comunista cruel com seus opositores, não tem democracia. tem um pouco de liberdade econômica, mas nenhuma liberdade politica, religiosa e individual. O estado continua manipulando a mente e a vida das pessoas. O Jornal Mesageiro da Paz recentemente trouxde uma reportagem sobre missonarios sendo expulsos da China, cristãos sendo presos e muitas outras opressões para os cristãos. É um dos poucos paises do mundo que não tem liberdade de culto nem de expressão. Enquanto o mundo se encanta com os jogos olímpicos pastores estão curtindo prisões frias, sem serem julgados com justiça ou com direito de defesa. Adversários politicos são mortos ou presos, pois a China ainda é um pais de partido único, na qual tem unanimidade em todas as decisões a serem tomadas. Um País de mais de um bilhão de habitantes sem o direito de um deles ser contra o regime do pais. É muita opressão! E o que está acontecendo no Tibete? opressão total. Mortes crueis e violencia total. Uma sociedade totalmente esmagada pelo poder cruel da China. Quando acabar a olimpiada tudo volta a vida normal ou a mesma tragédia. Não pode o crescimento economico e as olimpiadas mascarar tanta injustiça e crueldade. Oremos pela China e principalmente pela igreja, pelos missionários e pastores. Oremos para que os muros do preconceito caiam e as correntes sejam quebradas. Que o poder diabolico do governo chinês caia por terra. Que uma democracia se instale neste pais. Vamos orar para que haja uma intervençao de Deus nesta grandiosa nação. Que o comunismo caia por terra como aconteceu no leste europeu e que milhares de missionários cheguem a este pais para fazer uma grande obra para Deus.
Por uma verdadeira revolução cristã e democratica na China.
Pastor Israel

3 comentários:

Lorena disse...

Pois é Pastor, acredito que essa muralha que ainda está de pé na China precisa cair. esse efeito cosmético das Olimpíadas não vai durar muito tempo e a triste realidade da China e do mundo continua latente. O soluço de bilhões de almas...
Um abraço
Lorena Batista

Lorena disse...

È ISSO AÍ PR. ESSA MÁSCARA OU EFEITO COSMÉTICO DAS OLÍMPIADAS NÃO PODE ESCONDER A REAL SITUAÇÃO DA CHINA E DO RESTO DO MUNDO: O SOLUÇO DE BILHÕES DE ALMAS, DESESPERO, DOR E VIOLÊNCIA!

Pr Gildásio Bispo Th.B disse...

A Paz, Pr Israel! Achei interessante sua opiniõ com relação à mascara ou efeito cosmético das Olimpíadas. Oremos para que essa muralha que separa a China caia e haja liberdade, principalmente Libertação da Nação! Um abraço! Shalon Adonai!